Hotel Review: Six Senses Botanique, em Campos do Jordão
Brasil Campos do Jordão Hotel Review São Paulo

Hotel Review: Six Senses Botanique, em Campos do Jordão

Conhecendo o primeiro Six Senses do Brasil
Por Camilla Ribeiro    Postado em 21.02.2021

Não é segredo que sou encantada pelos hotéis do grupo Six Senses. A combinação de sustentabilidade, imersão cultural na comunidade local e bem estar, em propriedades de tirar o fôlego, é imbatível, na minha opinião. Recentemente (na era pré-pandemia), tive a oportunidade de me hospedar no Six Senses Krabey Island, no Camboja, e foi uma experiência fantástica (contei tudo nesse post aqui).

Assim, quando soube que teríamos o primeiro hotel Six Senses, no Brasil, o Six Senses Botanique, em Campos do Jordão, corri para me hospedar lá, nesse carnaval. Voltei completamente apaixonada e é claro que não podia deixar de compartilhar todos os detalhes dessa novidade aqui no blog!

A propriedade do Six Senses Botanique (Foto: Viagem no Detalhe)
Balanço instagramável do hotel (Foto: Viagem no Detalhe)
Hall do hotel (Foto: Viagem no Detalhe)

Mesmo antes de se unir ao Six Senses, o Botanique já prezava pela preocupação com sustentabilidade, imersão na natureza e tinha como um de seus principais pilares a reverência a uma brasilidade autêntica e cheia de charme.

O hotel é a epítome do pós-luxo, movimento criado pela empresária Fernanda Ralston Semler, e baseado em cinco pilares: qualidade de matéria-prima, atemporalidade, originalidade, valor justo e propósito maior/identidade local. Tudo isso deu total match com os valores do Six Senses, que se juntou ao Botanique para tornar toda a experiência da hospedagem ainda mais especial.

Jardim do chá do Botanique (Foto: Viagem no Detalhe)
A arquitetura do hotel é um show a parte (Foto: Viagem no Detalhe)

// ONDE FICA?

O Six Senses Botanique fica em Campos do Jordão, a aproximadamente 12 km de Capivari, no charmoso Bairro dos Mellos. Esse bairro tem ares bucólicos e uma tranquilidade bem diferente do centro da cidade, além de um visual incrível da Serra da Mantiqueira.

A vista do meu quarto (Foto: Viagem no Detalhe)

Bem próximo ao hotel estão também as cidades de Santo Antonio do Pinhal e São Bento do Sapucaí, onde inclusive cheguei a fazer alguns passeios e irei contar nos próximos posts.

// ESTRUTURA

O Six Senses Botanique ocupa uma área enorme, de 1,2 milhões de m2, e conta com apenas 17 acomodações: 6 suítes (no edifício principal) e 11 vilas, espalhadas pela propriedade do hotel.

Mais um visual lindo do hotel (Foto: Viagem no Detalhe)

Eu me hospedei na suíte, com vista para as montanhas. A porta da varanda era toda de vidro, garantindo um visual incrível da Serra da Mantiqueira, logo no despertar de cada dia.

Meu quarto no hotel (Foto: Viagem no Detalhe)
Todos os quartos tem obra de arte (Foto: Viagem no Detalhe)
O banheiro (Foto: Viagem no Detalhe)
Mais um ângulo do quarto (Foto: Viagem no Detalhe)

O quarto era espaçoso e super confortável. Um detalhe simpático é que quase todos os itens do frigobar já são inclusos no valor da diária, de modo que o consumo é livre.

Itens do frigobar (Foto: Viagem no Detalhe)

O café da manhã é servido apenas no quarto. Na noite anterior, é deixado o cardápio na porta do quarto, para que você escolha o que gostaria de consumir e o horário de sua preferência. No dia seguinte, o staff do hotel entrega suas escolhas, em uma bandeja.

Todos os dias, dedicávamos horas à refeição, na varanda do quarto, curtindo a vista, os sabores deliciosos e o som dos pássaros.

O café da manhã cinematográfico do hotel (Foto: Viagem no Detalhe)
A vista da varanda (Foto: Viagem no Detalhe)

O Six Senses Botanique conta ainda com academia, spa e centro de bem estar, manicure, bar e restaurante, quadra de tênis, bikes, sala de cinema, trilha, fontes de água naturais (as quais são consumidas no hotel), piscinas, jardins a se perder de vista e uma horta orgânica incrível, de onde vem grande parte do que é consumido lá.

A casa de vidro (Foto: Viagem no Detalhe)
Quadra de tênis do hotel (Foto: Viagem no Detalhe)
O cinema do hotel (Foto: Viagem no Detalhe)

// ATIVIDADES

O Six Senses Botanique conta com diversas atividades, a maioria delas focada no relaxamento. Todos os dias, há uma extensa grade de programação por lá. Muitas atividades são gratuitas, outras são cobradas à parte. 

Durante a minha estadia, tentei aproveitar ao máximo essas atividades e vou compartilhar aqui o que pude testar:

➦  Aula de yoga – ocorrem nos jardins do hotel, sob a deliciosa sombra de uma árvore. Fiz uma aula de hatha yoga na minha segunda manhã no hotel e foi ótimo – não há melhor maneira de começar o dia!

Ambiente da aula de yoga (Foto: Viagem no Detalhe)

➦ Wellness & Spa – a preocupação com o bem estar e a saúde é um dos principais valores do grupo Six SensesO Spa deles é muito mais do que um lugar de relaxamento, é uma verdadeira experiência de imersão num universo profundo de auto-cuidado.

Em função da pandemia, no momento, apenas a sauna seca e a piscina isotônica estão funcionando, mediante agendamento prévio, de uma acomodação por vez.

Reservamos a piscina isotônica (caracterizada por ter as mesmas quantidades de sal do corpo humano, o que dá uma sensação de leveza) e, durante uma hora, pudemos curtir a água quentinha e relaxante com o visual das montanhas. Ah! É importante mencionar que as portas e janelas desse espaço encontravam-se abertas, permitindo a circulação do ar.

Piscina isotônica do hotel (Foto: Viagem no Detalhe)
Área para manicure no hotel (Foto: Viagem no Detalhe)

➦ Trilha – dentro do hotel há uma pequena trilha pela mata, com visuais bem bonitos durante o trajeto. Dura cerca de 1 hora e é um bom exercício para quem gosta.

No caminho da trilha (Foto: Viagem no Detalhe)

➦ Piscinas – Há duas piscinas dentro do Six Senses Botanique, uma de água mineral natural e outra, menor, aquecida. Como tive a sorte de pegar bons dias de sol, deu para curtir as duas!

Piscina de água mineral (Foto: Viagem no Detalhe)

➦ Piquenique – sou fã de piquenique e não podia perder a chance de fazer um no hotel. E que piquenique! Num lindo jardim, cercado de verde, foi montada a estrutura, com várias guloseimas preparadas pelo hotel (queijos, frios, bolos, frutas, massa, sanduíches), sucos e espumante. Com certeza, o piquenique mais cinematográfico que já fiz – uma experiência imperdível por lá!

Piquenique mais lindo da vida (Foto: Viagem no Detalhe)

// GASTRONOMIA

 Restaurante Mina – focado na gastronomia brasileira e com um visual de tirar o fôlego, almoçar no restaurante Mina é um super programa, tanto para hóspedes do Botanique, como não hóspedes (o restaurante é aberto ao público geral, mediante reserva).

Ambiente todo de vidro do Restaurante Mina (Foto: Viagem no Detalhe)
Spaghetti com ragu de cordeiro no Restaurante Mina (Foto: Viagem no Detalhe)
Entradinhas no restaurante do hotel (Foto: Viagem no Detalhe)

A culinária do restaurante incorpora o conceito de farm to table e prioriza produtos frescos, orgânicos, boa parte cultivada no próprio hotel ou pequenos produtores regionais. O destaque da carta de vinhos é sua excelente seleção de rótulos nacionais.

A seleção de vinhos nacionais da carta do hotel é incrível (Foto: Viagem no Detalhe)
Todo dia, há um fogo de chão montado na área externa do hotel (Foto: Viagem no Detalhe)

***

A hospedagem no Six Senses Botanique é uma experiência incrível de imersão na natureza e brasilidade. Fiquei orgulhosa de poder contar com um lugar tão especial pertinho de casa e de dar as boas vindas ao grupo Six Senses no nosso país.

Se você também se animou para conhecer o hotel, reserve aqui (sem custo adicional) sua estadia no Six Senses Botanique.

Obrigada pela visita!

Beijos, Camilla

Acompanhe minhas viagens em tempo real pelo Instagram >>@viagemnodetalhe

Se você gosta das dicas do blog, ajude na sua manutenção, reservando seus hotéis e pousadas pelos links daqui. Isso não aumenta em nada o valor da sua reserva e gera um pequeno percentual revertido para o blog 

Compartilhe!
Deixe seu Comentário
Lugares que já visitei
Instagram: @viagemnodetalhe