Viajando pela literatura: 5 autores italianos que vale a pena ler
Literatura Outras Viagens

Viajando pela literatura: 5 autores italianos que vale a pena ler

Por Camilla Ribeiro    Postado em 07.04.2021

Se ler também é uma forma de viajar, hoje é dia de embarcar para a Itália! Desde que me viciei nos livros de Elena Ferrante, comecei a buscar imergir mais na literatura italiana e, nesse processo, descobri alguns autores incríveis. Para hoje, então, separei a indicação de 5 desses autores italianos, que vale a pena conhecer! Sem mais delongas, vamos a eles?

1. Elena Ferrante

Elena Ferrante é, sem dúvida, um dos maiores nomes da literatura italiana contemporânea e certamente a mais difundida no Brasil. Seu grande mistério reside no fato de ninguém saber, de fato, quem ela é. Sua identidade permanece em segredo, mesmo depois de toda a fama alcançada pelos seus livros.

A autora ganhou fama no Brasil depois do lançamento da sua tetralogia – a série napolitana, que se inicia com A Amiga Genial e que nos conta sobre a fantástica história da amizade de Lila e Lenu. O romance começa na Nápoles dos anos 50 e vai até o fim da vida das amigas.

A tetralogia napolitana é imperdível, mas a obra de Elena Ferrante vai muito além e merece ser explorada! Já li dela Dias de Abandono, Frantumaglia e seu último romance, A vida mentirosa dos adultos (clique nos títulos dos livros para conferir as sinopses e comprá-los), e recomendo muito a leitura de todos.

Frantumaglia é muito bacana inclusive para os fãs da autora, pois é um livro que reúne ensaios, entrevistas e correspondências de Ferrante, ajudando o leitor a formar uma visão melhor sobre ela. Esse livro me foi útil também para pegar várias indicações de outros autores, especialmente italianos, pauta que acho pouco discutida na cena literária brasileira.

2. Domenico Starnone

Ganhador do Prêmio Strega de 2001 (o mais importante da literatura italiana), Starnone já publicou mais de 20 romances, além de roteiros, peças de teatro e artigos. Apesar disso, somente em 2018 foi lançado no Brasil o primeiro romance do Autor, Laços.

A publicação no Brasil talvez tenha sido motivada pelas especulações que rolam de que Starnone seria o autor por trás do pseudônimo Elena Ferrante (o que eu, particularmente, não acredito) ou que seria marido da escritora (acho mais plausível), já que a escritora é um fenômeno de vendas por aqui.

Laços faz parte da intitulada “trilogia sentimental” do escritor, da qual também fazem parte os romances Segredos e Assombrações. Já li Laços (e gostei muito!) e estou com esses dois outros títulos já na minha fila de leitura!

3. Elsa Morante

Elsa Morante foi um dos principais nomes da literatura italiana (possivelmente, é uma das escritoras italianas mais importantes do século 20) e me envergonho de confessar que só tomei conhecimento da autora após descobrir que ela é a principal referência literária de Elena Ferrante.

Já li dela o conjunto de ensaios Pró e Contra Bomba Atômica e, apesar de não ser o livro ideal para ter uma visão geral de sua obra, já fiquei super impressionada (e encantada) com sua escrita. Sua obra-prima é A ilha de Arturo — memórias de um garoto, que já está na minha lista de livros para ler!

4. Michela Murgia

Escritora contemporânea italiana, da Sardenha, que merece super ser lida! A obra que a colocou solidamente no panorama literário do país foi Acabadora, romance que faturou prêmios renomados, como o Campiello e o Supermodello. Ainda não li esse livro, mas está na lista!

Li um pequeno livro da autora, chamado Instruções para se tornar um fascista. O título, obviamente, é um deboche, mas o livro é sensacional e extremamente necessário, ainda mais nos dias de hoje. Recomendo muito!

5. Margaret Mazzantini

Para fechar essa seleção, não posso deixar de falar de Margaret Mazzantini, por quem ando fascinada! Além de escritora, a autora ítalo-irlandesa é também atriz de cinema, televisão e teatro.

Sua obra mais famosa é Não se mexa, vencedora do Prêmio Strega de 2002. Foi o último livro que li e fiquei completamente apaixonada – recomendo demais, demais, demais!

Além de Não se mexa, temos publicado aqui no Brasil seu romance A rosa de Sarajevo, do qual já ouvi ótimos comentários e certamente irei comprar também.

***

Espero que tenham gostado da seleção e que a literatura italiana se torne mais popular aqui no Brasil. Excelentes livros e autores não faltam 🙂 Ah, e se tiver algum título ou autor para me indicar, deixa aqui nos comentários!

Obrigada pela visita!

Beijos, Camilla

Acompanhe minhas viagens em tempo real pelo Instagram >>@viagemnodetalhe

Compartilhe!
Deixe seu Comentário

 
3 Comentários
  1. Mônica
    07.04.2021

    Dicas excelentes. Já anotei alguns que irei comprar. Ai, como é maravilhosa esta troca.
    Por mais blogs com CONTEÚDO.

    Grata,
    Mônica.

    • Camilla
      07.04.2021

      Fico MUITO feliz de saber que curte o conteúdo e agradeço pelo apoio, Mônica! Espero que goste dos livros =)

  2. Leandro
    08.04.2021

    Adorei a seleção! Já quero ler o Não de mexa 😉

Lugares que já visitei
Instagram: @viagemnodetalhe