8 lugares imperdíveis para conhecer no Jardim Botânico do Rio de Janeiro
Rio de Janeiro Rio de Janeiro Vida Carioca

8 lugares imperdíveis para conhecer no Jardim Botânico do Rio de Janeiro

Por Camilla Ribeiro    Postado em 03.02.2021

Quando me perguntam qual meu lugar favorito no Rio, eu não hesito em responder: o Jardim Botânico. Sou desde sempre apaixonada pela beleza arrebatadora e pela natureza exuberante do jardim, mas também por toda a história associada a ele.

Muitos dos meus ídolos amavam e frequentavam o Jardim Botânico, como é o caso de Clarice Lispector e Tom Jobim, que inclusive eternizaram em suas obras as paisagens de lá.

Nada mais justo, então, do que compartilhar aqui um roteiro com os lugares mais imperdíveis do Jardim Botânico RJ.

Sobre o Jardim

O Jardim Botânico foi fundado em 1808, por D. João VI, com a ideia de instalar uma fábrica de pólvora e um jardim para aclimatação de espécies vegetais originárias de outras partes do mundo no mesmo local.

Sua área total é de 137 hectares, sendo que apenas 54 hectares correspondem à área cultivada. O Jardim Botânico abriga coleções raras de bromélias e orquídeas, além de árvores centenárias e plantas exóticas.

O jardim também tem obras do início do século XVI, contando com um rico patrimônio histórico e cultural, além de sua natureza exuberante. Nesse post, vou compartilhar dicas de 8 lugares imperdíveis para visitar no Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Vamos a eles?

1. Chafariz das Musas

Lindo chafariz com várias alegorias e quatro figuras, representando a música, a arte, a poesia e a ciência. Ficava no largo da Lapa, no centro, até ser desmontado e trazido para o Jardim Botânico em 1905. Possui uma bela vista do Cristo Redentor, ao fundo.

2. Corredor de arcos

É um dos pontos mais clássicos e bonitos para fotos no Jardim Botânico, fica em frente à mesa do Imperador e no caminho para a cachoeira das musas.

3. Aleia Barbosa Rodrigues

Esse dispensa qualquer apresentação! É onde fica o famoso corredor de Palmeiras, que é um dos cartões postais do Rio de Janeiro. Impossível ir ao Jardim Botânico e não fazer uma fotinha clássica nessa alameda.

4. Mesa do Imperador

Era aqui que os imperadores D. Pedro I e D. Pedro II costumavam fazer suas refeições, quando visitavam o Jardim Botânico. Nada mal o espaço, né?

5. Jardim Japonês

Inspirado nos jardins zen budistas japoneses e super fiel ao estilo, é um dos meus lugares favoritos do Jardim Botânico. Na verdade, desde muito antes de ir ao Japão, eu já era fascinada por esse lugar. Tem uma construção em forma de octógona onde é deliciosa sentar e ler um bom livro.

Um pedacinho do Japão no Jardim Botânico (Foto: Viagem no Detalhe)

6. Gruta Karl Glasl

Karl Glasl foi professor de agronomia de Viena e diretor do Jardim Botânico entre 1863 e 1883. Essa gruta foi construída durante sua gestão para aclimatar espécies de plantas que vivem em ambientes úmidos, como samambaias, musgos e bromélias.

A charmosa gruta Karl Glasl (Foto: Viagem no Detalhe)

7. Espaço Antônio Carlos Jobim

Onde fica a sumaúma e era o cantinho favorito do Tom Jobim, no Jardim Botânico. A sumaúma é provavelmente a maior árvore da Amazônia e uma das maiores do mundo, chegando a 60 metros de altura e 40 metros de copa!

Sob a sombra dessa árvore tão especial (e sagrada para vários povos indígenas), Tom Jobim compôs várias canções. Atualmente, há uma placa em homenagem a ele nesse cantinho do Jardim.

8. Lago Frei Leandro

É famoso por abrigar as vitórias régias do Jardim. Essas plantas aquáticas apresentam folhas formando um disco circular, podendo atingir até 2 metros de diâmetro e tem bastante resistência na água, devido às suas nervuras cheias de ar e gases. As folhas adultas chega a suportar até 45 kg!

Lago Frei Leandro e as vitórias régias (Foto: Viagem no Detalhe)

Planeje sua visita

Horário: segundas-feiras, das 12h às 18h, e de terça a domingo: das 8h às 18h – é necessário fazer o agendamento para visitar o local, o que pode ser feito através do site.

Endereço: Rua Jardim Botânico, 1008 – Jardim Botânico – Rio de Janeiro

Entrada: R$ 15,00

***

Como disse, o Jardim Botânico é meu lugar favorito do Rio de Janeiro. Espero que esse post te motive a visitá-lo e que lá também possa se tornar um dos seus passeios preferidos por aqui!

Obrigada pela visita!

Beijos, Camilla

Acompanhe minhas viagens em tempo real pelo instagram >> @viagemnodetalhe

Se você gosta das dicas do blog, ajude na sua manutenção, reservando seus hotéis e pousadas pelos links daqui. Isso não aumenta em nada o valor da sua reserva e gera um percentual revertido para o blog 

Compartilhe!
Deixe seu Comentário
Lugares que já visitei
Instagram: @viagemnodetalhe