Dicas de Trancoso: roteiro de fim de semana no vilarejo mais charmoso da Bahia
Bahia Brasil Trancoso

Dicas de Trancoso: roteiro de fim de semana no vilarejo mais charmoso da Bahia

Por Camilla Ribeiro    Postado em 28.02.2019

Bahia, é sempre Bahia ♥. Mas, definitivamente, tem alguma coisa em Trancoso. O vilarejo, com sua mistura única de charme rústico e sofisticação, tem um je ne se quois encantador, temperado com sotaque baiano, que tende a deixar qualquer um, que por lá passa, apaixonado.

praia_coqueiros_trancoso

50 tons de azul do mar de Trancoso (Foto: Viagem no Detalhe)

quadrado_trancoso_charme_2

Cantinhos charmosos de Trancoso (Foto: Viagem no Detalhe)

Talvez seja pelo fato de que, mesmo já sendo povoado por lojas, restaurantes e serviços nacionais e internacionais – e, portanto, estando tão distante daquela imagem de antigo  vilarejo de pescadores que um dia ostentou -, Trancoso ainda transmite, para quem o visita, a sensação de estar descobrindo um pedacinho intocado do paraíso.

Ou talvez, seja apenas pela beleza cheia de bossa do lugar que fisga de primeira o coração de quem passa por lá.

quadrado_trancoso_casinhas_coloridas

Pelas ruas do Quadrado de Trancoso (Foto: Viagem no Detalhe)

Não importa o motivo, o fato é que, se você ainda não conheceu Trancoso, vale muito a pena reservar uns dias para conhecer! Garanto que, depois de viajar para lá pela primeira vez, você sempre vai querer voltar!

// Como chegar?

O jeito mais prático de chegar a Trancoso é voando até o aeroporto de Porto Seguro (que fica a aproximadamente 90 km do vilarejo).

Saindo do aeroporto, você tem duas opções de transporte para concluir o trajeto: (1) Balsa (travessia de aproximadamente 10 min) + carro (percurso de aproximadamente 40 km) ou (2) fazer o trajeto todo de carro (percurso de aproximadamente 90 km).

Como sempre ouço falar das filas na balsa, nunca experimentei essa opção, sempre percorri o caminho do aeroporto até o vilarejo, de carro.

Independentemente da opção escolhida, acho que vale a pena alugar carro, na saída do aeroporto, pois você fica mais livre para explorar as praias da região (são muitas, uma mais linda que a outra!). Recomendo pesquisar e alugar pelo site Rentalcars.

De toda forma, também é possível concluir o percurso de táxi, combinando previamente o deslocamento e seu valor com um taxista de confiança. Como só fiquei um final de semana em Trancoso, dessa vez, acabei preferindo essa opção. O contato do taxista que nos levou lá e buscou é: De – (73) 8803-7505.

// Quando ir?

Trancoso pode ser visitado o ano todo. Os meses de maior animação são de dezembro a março, durante o verão. Já os meses de agosto e setembro são considerados os com menor chance de chuva.

Eu estive lá, dessa última vez, no início de fevereiro e peguei dias lindos! Também achei um ótimo mês para viajar para lá, pois o movimento é um pouco menor do que nos meses de dezembro e janeiro (logo, dá pra encontrar preços menos inflados e lugares menos cheios).

quadrado_de_trancoso

Céu azulzinho, no começo de fevereiro! (Foto: Viagem no Detalhe)

// Onde Ficar?

Não faltam excelentes opções de hotéis e pousadas em Trancoso! Eu me hospedei na Mata N’Ativa Pousada, uma  pousada muito charmosa, comprometida com o meio ambiente e com uma excelente infra-estrutura.

piscina_mata_nativa_pousada_trancoso

Um pouco da estrutura da Mata N’Ativa Pousada (Foto: Viagem no Detalhe)

Contei mais sobre a minha experiência na Mata N’Ativa Pousada nesse hotel review aqui, pois o lugar, definitivamente, merecia um post especial! Mas, resumidamente: super recomendo!

Reserve sua estadia na Mata N’Ativa Pousada aqui.

sorria_trancoso_mata_nativa_pousada_trancoso

Casinha charmosa, dentro da Mata N’Ativa Pousada (Foto: Viagem no Detalhe)

Se preferir, pesquise aqui outras opções de hospedagem em Trancoso

// O que fazer?

Praias lindas, tranquilas e com água quentinha, animada cena gastronômica, um centrinho que parece saído de conto de fadas… definitivamente, há muito o que se fazer em Trancoso!

➦ Praia dos Nativos – Essa praia fica ao norte da barra do rio Trancoso e é cheia de beach clubs. Um dos mais famosinhos é o Fly Beach Club, que apresenta uma confortável estrutura.

praia_dos_nativos_trancoso

Praia dos Nativos, em Trancoso (Foto: Viagem no Detalhe)

Na praia dos Nativos também se encontram algumas das melhores pousadas da região. A Mata N’Ativa Pousada, onde me hospedei, fica a uns 5 minutinhos a pé de lá!

➦ Praia Barra do Rio Trancoso – Uma curta caminhada pela Praia dos Nativos te leva diretamente a essa praia. As vizinhas seriam praticamente a mesma praia, se não houvesse o rio que as separa e que se encontra com o mar.

praia_dos_nativos_rio_trancoso

Encontro das Praias dos Nativos e da Barra do Rio Trancoso (Foto: Viagem no Detalhe)

O quiosque mais recomendado, nessa praia, é o do Hotel Uxua, também aberto para não hóspedes. A estrutura do quiosque é excelente, mas é cobrado valor de entrada (R$ 150 reversível a consumação, quando fui – fevereiro de 2019).

Praia_Barra_do_Rio_Trancoso_Uxoa

Um pouco da estrutura do quiosque do Uxua (Foto: Viagem no Detalhe)

➦ Praia dos Coqueiros – Essa é uma das praias mais lindas de Trancoso, na minha opinião. Minha dica é chegar lá na maré mais baixa, quando a praia ganha ares caribenhos e o acesso pode ser feito a pé, pela Praia dos Nativos.

praia_dos_coqueiros_vnd

A linda Praia dos Coqueiros (Foto: Viagem no Detalhe)

Recomendo, por lá, os quiosques Da Silvana (que também tem um restaurante recomendadíssimo no Quadrado) e Joia (também ouvi ótimos comentários sobre a Barraca do Jonas, mas não fiquei lá). Na época que estive em Trancoso (fevereiro de 2019), eles não estavam cobrando consumação mínima nem entrada e achei as opções de comida e bebida, nos dois, deliciosas!

praia_dos_coqueiros_da_silvana_

“Pipoca” de camarão e vinho rosé, no quiosque Da Silvana (Foto: Viagem no Detalhe)

➦ Praia do Rio Verde – No final da orla, essa praia é um pouco mais afastada das demais, mas também é facilmente acessível através de uma caminhada a partir da Praia dos Nativos.

praia_do_rio_verde_quiosque

Praia do Rio Verde, adentrando mais a fundo a natureza (Foto: Viagem no Detalhe)

Aqui a natureza é um pouco mais selvagem e o mar levemente mais agitado e com algumas ondas, mas super agradável também!

praia_do_rio_verde_travel_in

A estrutura do quiosque Travel Inn Aldeia do Sol (Foto: Viagem no Detalhe)

Fiquei no quiosque do Hotel Travel Inn Aldeia do Sol e foi bem gostoso! Eles cobraram R$ 50,00 de entrada, reversíveis a consumação, valor justo para a estrutura oferecida, com acesso até à piscina externa do hotel (que é super simples, vale dizer!).

Para beliscar, no quiosque, recomendo as deliciosas iscas de peixe com maionese de dendê, acompanhadas de um Aperol Spritz geladinho!

➦ Quadrado – O Quadrado de Trancoso é um dos centrinhos mais fofos e fotogênicos do Brasil, na minha opinião! Lá, você vai encontrar várias casinhas coloridas lindas, bares, restaurantes, lojinhas descoladas e aquele misto de clima informal com uma pitada de sofisticação, tão típico do vilarejo.

quadrado_trancoso

O charmoso Quadrado de Trancoso (Foto: Viagem no Detalhe)

quadrado_trancoso_casa_azul

E o quanto essas casinhas são fofas?! (Foto: Viagem no Detalhe)

Um detalhe interessante é que essas casinhas coloridas são cheias de história e, em várias delas, você vai encontrar um resuminho de seu passado, em quadrinhos pendurados próximos a porta (como na Casa do Coronel). Fique de olho!

quadrado_trancoso_casinhas_historicas

A antiga casa do Coronel, no Quadrado (Foto: Viagem no Detalhe)

Não deixe de bater perna, no Quadrado, tanto de dia, quanto à noite, quando a iluminação charmosa traz um ar ainda mais mágico para o lugar, e de almoçar ou jantar nos inúmeros restaurantes. Veja, no fim desse post, minhas dicas de onde comer por lá.

Ah, vale também ficar de olho porque, volta e meia, rolam eventos culturais bacanas, no Quadrado. Quando estive lá, consegui assistir a uma roda de capoeira e, mais tarde, na mesma noite, a uma apresentação de jazz e chorinho, na Casa La Torre.

quadrado_trancoso_capoeira

Roda de Capoeira, no Quadrado (Foto: Viagem no Detalhe)

quadrado_trancoso_jazz

Apresentação de jazz, na Casa La Torre, no Quadrado (Foto: Viagem no Detalhe)

 Igreja São João Batista –  Construída em 1656,  a tradicional igrejinha de Trancoso é o coração do Quadrado, além de ser uma das igrejas mais graciosas e disputadas para casamento do Brasil! O interior é todo turquesa e, ao fundo da igreja, encontra-se o mar.

igreja_sao_joao_batista_quadrado

A tradicional Igreja São João Batista (Foto: Viagem no Detalhe)

➦ Mirante –  Bem atrás da Igreja de São João Batista, encontra-se o mirante, de onde é possível ver de cima boa parte da extensão do litoral de Trancoso e algumas de suas principais praias, como a Praia dos Nativos e a Praia dos Coqueiros.

mirante_igreja_quadrado_trancoso_vnd

Mirante atrás da Igreja (Foto: Viagem no Detalhe)

A vista é de tirar o fôlego, levando muitos a madrugar por lá, para assistir ao nascer do sol. Pensei que também seria um local bacana para fazer um piquenique, só não esqueça de levar, nesse caso, o repelente!!

mirante_igreja_quadrado_trancoso

Um pouquinho da vista do mirante (Foto: Viagem no Detalhe)

// Arredores de Trancoso

➦ Praia do Espelho – localizada entre Trancoso e Curuípe, essa já foi considerada a terceira praia mais bonita do Brasil. Seu nome é em razão do fenômeno que lá ocorre, quando a maré se estabiliza e as águas calmas refletem o maravilhoso céu azul.

A Praia do Espelho fica a aproximadamente 50 min de carro de Trancoso e é possível tanto fazer um bate e volta para lá, como passar alguns dias na região, o que recomendo, caso tenha tempo suficiente.

praia_do_espelho_trancoso_bahia

A bela Praia do Espelho (Foto: Divlgação)

➦ Caraíva – esse rústico e charmoso vilarejo fica a aproximadamente 1h30 de carro de Trancoso. Mas, para chegar lá, é preciso pegar uma canoa, que atravessa o Rio Caraíva. O grande charme de Caraíva reside na sua rusticidade charmosa, mais “intocada” do que Trancoso. Já estive lá, há muito tempo atrás, em um bate e volta de Trancoso, mas estou doida para voltar com mais calma e passar uns dias só lá!

caraiva_trancoso_bahia

A rústica e charmosa Caraíva (Foto: DIvulgação)

// Onde comer?

El Gordo – Um dos restaurantes mais tradicionais e famosos do vilarejo, fica dentro da pousada homônima, bem pertinho da Igreja do Quadrado.

el_gordo_quadrado_trancoso

Entrada da Pousada e Restaurante El Gordo (Foto: Viagem no Detalhe)

Os preços são salgados (assim como na maioria dos lugares do vilarejo), mas a comida e o ambiente fazem jus! Provei uma massa com creme de camarões e cogumelos trufados que estava deliciosa!

el_gordo_trancoso_jantar

El Gordo, nosso último jantar em Trancoso (Foto: Viagem no Detalhe)

el_gordo_restaurante_trancoso

Massa com creme de camarões e cogumelos trufados (Foto: Viagem no Detalhe)

➦ Favoritto Trancoso –  Aberto há poucos meses, o Favoritto chegou para engrandecer ainda mais a cena gastronômica de Trancoso. No cardápio, uma seleção primorosa de pratos, com opções bem diferenciadas – alguns pratos com releituras mais sofisticadas e modernas de tradicionais receitas baianas.

favoritto_trancoso_restaurante

Um pouco do aconchegante ambiente do Favoritto Trancoso (Foto: Viagem no Detalhe)

favoritto_trancoso_restaurante_ambiente

Dentro do restaurante, cada áreas tem decoração própria (Foto: Viagem no Detalhe)

Recomendo fortemente a Lagosta na brasa com risoto de abóbora (R$123 – valor de fevereiro/2019), que estava incrível e super bem servida, e o Brownie com sorvete de cupuaçu e calda de maracujá e vinho branco (R$35- valor de fevereiro/2019)

favoritto_trancoso_prato_jantar

Maravilhoso risoto de abóbora com lagosta do Favoritto (Foto: Viagem no Detalhe)

➦ Gino –  Aberto em janeiro de 2019, o Gino é mais uma das grandes novidades de Trancoso. O restaurante apresenta um ambiente sofisticado e descontraído ao mesmo tempo, com opções de mesas do lado interior e exterior e deliciosa culinária italiana.

gino_restaurante_trancoso

Gino, novidade na cena gastronômica de Trancoso (Foto: Viagem no Detalhe)

Como já tinha programado meus dois jantares no vilarejo, não teria espaço no meu roteiro para conhecer o Gino. Mas, fiquei tão curiosa, que acabei passando por lá, na última noite para mais umas taças de vinho, queijos e sobremesa! rs… Estava tudo delicioso e me deixou ainda com mais vontade de voltar para um jantar completo!

gino_restaurante_trancoso_jantar

Queijos e vinhos, no Gino (Foto: Viagem no Detalhe)

Se você visitar o restaurante, não deixe de me passar as dicas! 😉

***

Trancoso é, sem dúvidas, um lugar mágico, que merece ser visitado e revisitado sempre! E você, já conhece o vilarejo? 🙂

Obrigada pela visita!

Beijos, Camilla

Acompanhe minhas viagens em tempo real pelo instagram >> @viagemnodetalhe

Se você gosta das dicas do blog, ajude na sua manutenção, reservando seus hotéis e pousadas pelos links daqui. Isso não aumenta em nada o valor da sua reserva e gera um percentual revertido para o blog 😉

dicas_trancoso_bahia

Compartilhe!
Deixe seu Comentário
Lugares que já visitei
Instagram: @viagemnodetalhe