8 Dicas para aproveitar ao máximo sua visita ao Corcovado
América Latina Brasil Rio de Janeiro Vida Carioca

8 Dicas para aproveitar ao máximo sua visita ao Corcovado

Por Camilla Ribeiro    Postado em 23.03.2017

 

O Cristo Redentor é a terceira maravilha do mundo moderno, um dos principais cartões postais da América Latina e, sem dúvida, um dos pontos turísticos mais visitado no Rio de Janeiro. É claro que ele não pode ficar de fora do seu roteiro para a minha cidade maravilhosa!

Mas, sendo tão badalado como é, vale a pena visitar o Corcovado com uma “estratégia” em mente para fugir dos perrengues, né? Eu visitei o monumento nesse mês e separei algumas dicas para te ajudar a aproveitar ao máximo sua visita ao Cristo! 😉

1) Vá de trenzinho

duas formas oficiais de chegar ao Cristo Redentor: de trem ou de van (de carro você chega até um pedaço, depois precisa seguir de van). O trem do Corcovado é, na minha opinião, o jeito mais charmoso e simpático de chegar ao Cristo. O percurso atravessa a mata atlântica, num trecho que historicamente era percorrido desde D. Pedro I. Além de lindo por si só, há vistas de tirar o fôlego, ao longo do caminho, da cidade maravilhosa.

esstação-de-trenzinho-corcovado

Estação do Trenzinho, no Cosme Velho (Foto: Viagem no Detalhe)

2) Compre o ingresso pelo aplicativo

A compra do ingresso pelo aplicativo garante embarque prioritário na chegada e, portanto, te permite escolher o melhor lugar para apreciar a vista, ao longo do trajeto, além de saltar primeiro no desembarque!

DSC06773

Bilhete retirado na bilheteria do trenzinho (Foto: Viagem no Detalhe)

3) Reserve o primeiro horário

Ou seja, 8h. Não tenha preguiça e vá bem cedo, para conseguir pegar o Cristo menos cheio e ter a chance de tirar boas fotos sozinh@. A medida que o tempo passa, o lugar só vai lotando mais e mais!

4) Escolha seu lugar no trem, sempre no sentido que ele está seguindo

Ou seja, na ida, você deve sentar no sentido da floresta e, na volta, escolher um lugar no sentido inverso. Assim, poderá aproveitar as lindas vistas da floresta na ida, avistar um ângulo LINDO do Cristo, no fim da subida, e ainda ser o primeiro a descer do trenzinho. Na volta, em compensação, você vai conseguir aproveitar todas as  lindas vistas e mirantes do trajeto.

trenzinho-na-floresta

Vista da Floresta da Tijuca na subida para o Cristo (Foto: Viagem no Detalhe)

5) Leve repelente!

O Cristo fica sobre o Corcovado, que é um Morro gigante e, portanto, cercado de floresta. Tem muito mosquito e vários outros bichinhos chatos, então, passe repelente antes de ir e não se aborreça com isso!

cristo-close

Lindo demais, né? (Foto: Viagem no Detalhe)

6) Passe protetor solar (mesmo se o tempo estiver nublado!)

O sol (e até mesmo o mormaço) queima bem mais lá em cima e você não vai querer sair um camarão do monumento. Então, vai por mim e passe protetor antes. Eu não passei e me arrependi muito depois! Rs

vista

Um pouquinho da vista lá de cima (Foto: Vigem no Detalhe)

7) Visite a capela

Apesar de não ser possível visitar o interior do Cristo, é possível visitar a capela que fica na base do seu “corpo”. É possível até mesmo assistir à missa, que é celebrada diariamente lá, às 10h e às 16h.

cristo-de-costas

Primeira visão do Cristo, quando se chega ao topo do Corcovado (Foto: Viagem no Detalhe)

8) Curta sem pressa!

O Cristo Redentor é o principal cartão postal carioca e, além de ser lindo, possui milhões de visitas arrebatadoras lá de cima. Tire muitas fotos, mas não deixe de também reservar um tempinho para ficar só admirando o momento 😉

oculos-vigem-no-detalhe

Admire e curta o momento! (Foto: Viagem no Detalhe)

E você, tem alguma dica especial para a visita ao Corcovado?

Beijos,

Camilla

 

Compartilhe!
Deixe seu Comentário
Lugares que já visitei
Instagram: @viagemnodetalhe