Um dia no TermaSpa, em Termas de Cacheuta
América Latina Argentina Mendoza

Um dia no TermaSpa, em Termas de Cacheuta

Por Camilla Ribeiro    Postado em 26.06.2017

Como vocês já sabem – e já devem ter notado pelos últimos posts -, o roteiro em Mendoza é altamente etílico! Rs… São muitas visitas a vinícolas e degustações, maaas isso não é a única coisa que tem para fazer lá!

Como já falei no post sobre o meu roteiro, há muitas outras atividades para se fazer pela cidade e arredores, como esquiar, passear pelas praças do centrinho, praticar esportes, fazer cavalgadas pelos vinhedos etc. E acho uma ótima ideia escolher alguma atividade “não alcoólica” para entremear os dias de vinícola e dar uma folguinha para o fígado! Rs

Foi exatamente isso que eu fiz no meu terceiro dia por lá: passei o dia relaxando no TermaSpa! E foi, não só uma delicia de dia, como uma dica que quase não vi pela internet, quando estava montando o meu roteiro.

O TermaSpa é um Hotel e Spa localizado na cidade de Termas de Cacheuta, a aproximadamente 30 km de Mendoza. A grande graça do local são suas 10 piscinas termais, com temperaturas que variam de 30 a 40 graus Celsius.

visual_termaspa
Algumas piscinas Térmicas do TermaSpa (Foto: Viagem no Detalhe)

Apesar de ser um hotel, é possível reservar um day use e passar o dia, relaxando e aproveitando as suas premissas, o que eu recomendo MUITO!
 

Como funciona?

É muito fácil fazer o passeio, porque o hotel organiza tudo pra você! Basta mandar um e-mail pra lá (ventas@termascacheuta.com), solicitando a data que você tem disponibilidade e informando se você gostaria de utilizar o transfer oferecido por eles ou não.

Eu optei por utilizar o transfer deles e super recomendo! Pontualmente, às 9h, a mini van do TermaSpa passou no nosso hotel (Hotel Diplomatic) para nos levar ao Spa.

A paisagem do caminho, em si, já é um atrativo, com vistas incríveis da Cordilheira dos Andes, durante todo o trajeto. Ficamos babando e tirando um milhão de fotos!

 

vista_caminho_termas_de_cacheuta

Visual das cordilheiras, ao longo do caminho (Foto: Viagem no Detalhe)

O valor do passeio foi AR$ 770  por pessoa (novembro/2016), e esse valor incluía o acesso às piscinas termais e premissas do hotel, além de almoço em sistema de buffet (sem bebidas) e transfer. Achei um valor justo, já que o passeio é realmente muito bacana.

Existem outros tratamento oferecidos no local, que são cobrados a parte, mas eu não fiz nenhum deles (acho que o local oferece atrações suficientes para ocupar o dia). Além disso, há a cobrança extra de AR$ 40 pelo aluguel de robe, que é opcional, mas eu acho que vale bastante a pena, para usar na hora do almoço (pode parecer estranho, mas todo mundo almoça de robe por lá).

No fim do dia, às 18h, a van retornou para nos buscar e deixar cada um dos passageiros em seu respectivo hotel.

O que fazer lá?

Passar um dia de muito relaxamento, descansando o fígado das degustações de vinho e curtindo as diversas piscinas do hotel.

Há uma área fechada com piscinas, espaço para “banho de lama” (que rendeu fotos absolutamente impublicáveis! rs), jacuzzi, área de banho, uma área para tratamento dos pés e espreguiçadeiras.

Em razão disso, acho que o passeio pode ser feito tanto no verão como no inverno.

termaspa_parte_interna

Área “interna” do TermaSpa (Foto: Viagem no Detalhe)

As piscinas da área externa oferecem um visual UAU e completamente diferente de tudo que você irá ver num roteiro por Mendoza. É uma delícia ficar lá, curtindo o tratamento termal e apreciando a vista.

eu_termaspa_viagem_no_detalhe

Visual externo das piscinas térmicas (Foto: Viagem no Detalhe)

Além disso, há ainda uma piscina aquecida, na parte da frente do restaurante.

piscina_termaspa

Mais uma piscina aquecida do TermaSpa (Foto: Viagem no Detalhe)

O almoço é um buffet criollo, com churrasco e opções de saladas, pratos vegetarianos, além de outros acompanhamentos. Não espere um almoço gourmet, mas comida é gostosinha e compatível ao pacote.

almoço_termaspa

A foto não tá muito boa, mas dá pra ter uma ideia do almoço (Foto: Viagem no Detalhe)

Eu adorei o dia que passei no TermaSpa e recomendo bastante esse passeio! Espero que vocês gostem! 😉

Obrigada pela visita!

Beijos, Camilla

Acompanhe minhas viagens em tempo real pelo Instagram >>@viagemnodetalhe

Compartilhe!
Deixe seu Comentário
 
7 Comentários
  1. […] Dia 3 – Termas de Cacheuta […]

  2. Leandro
    26.06.2017

    Esse lugar é incrível! Adorei passar o dia lá e, como vc (beeem) disse, “dar uma folguinha para o fígado!”..kkkkkkk

  3. sandra
    11.08.2018

    adorei sua dica, enviei email reservando, se der tudo certo depois te conto.

    • viagemnodetalhe
      11.08.2018

      Que bom que gostou, Sandra! Depois me conta! Bjs, Camilla

  4. FERNANDA
    16.07.2019

    OI amei seu Blog , obrigada por compartilhar tanta coisa legal , gostaria muito de saber se estes passeios sugeridos em Mendoza no frio de 1 de agosto também fica bom . Tipo o Thermas Cacheuta acredito que não , mas gostaria mesmo é da sua opinião. Outra dica que te peço é sobre a uma Van que poderia conduzir um grupo de 10 pessoas.

    • Camilla
      17.07.2019

      Oi, Fernanda! Que bom saber que gostou do blog! 🙂
      Acho que, de repente, pode ser bacana fazer esse passeio, mesmo no frio, porque a água das termas é bem quentinha e tem uma parte fechada… Se você achar interessante, dá pra incluir no seu roteiro sim!
      Quanto à van, vou ficar te devendo a indicação, porque realmente não conheço ninguém. De repente, tenta entrar em contato com o remise que indiquei no post, para ver se ele conhece alguém. Pode ser uma solução!
      Beijos,
      Camilla

  5. […] Dia 3 – Termas de Cacheuta […]

Lugares que já visitei
Instagram: @viagemnodetalhe