3 dias em New Delhi: o que fazer na capital da Índia
Ásia Índia New Delhi

3 dias em New Delhi: o que fazer na capital da Índia

Por Camilla Ribeiro    Postado em 23.06.2017
IMG_9622

Nosso quarto no The Leela Palace (Foto: Viagem no Detalhe)

O Leela tem uma piscina de fundo negro no seu rooftop com vista panorâmica pro skyline de New Delhi. O lugar, além de super agradável, é perfeito pra descansar depois de tantas horas de voo.

Logo que você chega lá, funcionários do hotel te oferecem uma cestinha com toalhinhas úmidas, água e limonada, para se refrescar – não tem como não amar, né?

Piscina UAU do The Leela Palace (Foto: Viagem no Detalhe)
IMG_9757

Uma parte do lobby do The Leela Palace (Foto: Viagem no Detalhe)

Reserve sua estadia no The Leela Palace por aqui.
IMG_2116

Nosso quarto no The Imperial (Foto: Viagem no Detalhe)

IMG_2109

Piscina incrível do The Imperial (Foto: Viagem no Detalhe)

Para reservar sua hospedagem no The Imperial, clique aqui. Ou veja aqui outras opções de hotel em Delhi.

O que fazer?

É o mais antigo mausoléu mongol de Delhi. Sua construção foi determinada pela viúva de Humayun e o local inspirou levemente a construção do Taj Mahal – dá pra perceber algumas semelhanças?

IMG_9714

Humayun’s Tomb: mausoléu que inspirou o Taj Mahal (Foto: Viagem no Detalhe)

O Indian Gate foi construído em homenagem a todos os soldados indianos e britânicos que morreram na Primeira Guerra Mundial. Lá, uma chama eterna queima para também lembrar os soldados que morreram na guerra Índia-Paquistão, em 1971. O monumento é muito bonito e, sem dúvidas, merece ser visitado!

IMG_9727

Indian Gate: o arco do triunfo indiano (Foto: Viagem no Detalhe)

IMG_2120

Linda arquitetura do Lotus Temple (Foto: Viagem no Detalhe)

Como de praxe nos templos hindus, a entrada é gratuita e é necessário tirar os sapatos para adentrar o local. Aqui, não há cuidadores de sapatos: você recebe uma sacolinha, onde pode colocar o seu sapato e carregá-lo consigo durante a visita.

É o mais importante templo Sikhi em New Delhi – para quem não sabe, a religião Sikhi é uma das maiores e mais importantes religiões na India. O local é lindo, não só pela deslumbrante cúpula dourada, como pela aura de paz que reina lá dentro. Atrás do templo, há um lago sagrado.

IMG_2141

O mais incrível templo Sikhi de New Delhi (Foto: Viagem no Detalhe)

IMG_2168

Shri Lakshimi Narain Temple visto do lado de fora (Foto: Viagem no Detalhe)

IMG_2230

Akshardham Temple: o mais incrível de Delhi, na minha opinião! (Foto: Viagem no Detalhe)

A entrada é gratuita, mas, infelizmente, não é permitido tirar fotos no interior do templo. De qualquer forma, na loja, há lindos livros com fotos do templo.

IMG_2249

Red Fort, em Old Delhi (Foto: Viagem no Detalhe)

Jama Masjid

IMG_2344

A lindíssma Jama Masjid, maior mesquita da Índia (Foto: Viagem no Detalhe)

Para entrar na mesquita, é preciso tirar os sapatos e cobrir o corpo todo. Mesmo estando com saia longa e braços cobertos, precisei “alugar” uma espécie de capa, na entrada da mesquita, para poder visitá-la.

Mercados de rua

Ir a um dos vários mercados de rua de Old Delhi é uma experiência absolutamente imperdível!

Um dos mais famoso é o Kinari Bazar,  que fica na parte antiga da cidade, pertinho da estação de metrô Chand Chowk.

IMG_2173

Incríveis mercados de rua de Old Delhi (Foto: Viagem no Detalhe)

Os mercados são um pouco caóticos, mas com um pouco de paciência e munido de um bom olho para compras, é possível fazer ótimas aquisições! Ah, barganhar também é essencial!!

Eu comprei: potinhos de cobre (para servir comida em pequenas porções, no estilo indiano), produtos de ayurveda (cremes, sabonetes, gel facial etc.), bolsinha de mão e uma sapatilha (desses modelos da foto abaixo, só pela diversão de trazer algo típico!).

IMG_2312

tradicionais sapatilhas indianas (Foto: Viagem no Detalhe)

O richshaw é tipo uma bicicletinha, super tradicional na Índia, então, dar uma voltinha numa dessas é um passeio super típico (e divertido, considerando o trânsito louco da cidade!).

trânsito_old_delhi

Nosso passeio de Richshaw (Foto: Viagem no Detalhe)

Não há um valor tabelado, então, é importante combinar o preço do trajeto com o motorista previamente. No nosso caso, demos uma volta por Old Delhi e o motorista disse para pagarmos o quanto achássemos razoável – demos Rs 200  e ele ficou bem contente.

Rajgaht

Nesse memorial, encontram-se as cinzas do grande líder indiano Mahatma Gandhi. O lugar consiste basicamente em uma plataforma de mármore negro, com a inscrição das últimas palavras de Gandhi (“He Ram” – “oh Deus”!) sobre a qual está colocada uma chama eterna.

O Rajgaht simboliza o local em que Gandhi foi cremado – como é o costume hindu – em 31 de janeiro de 1948, e abriga também os restos mortais de outros importante líderes locais.

Nesse lugar, você encontrará o minarete de tijolo mais alto do mundo. Essa construção, de arquitetura indo-islâmica, tem 72,5 metros de altura e foi declarada patrimônio mundial da UNESCO.

IMG_2401

Maior minarete de tijolo do mundo (Foto: Viagem no Detalhe)

Confesso que fui sem grandes expectativas e me surpreendi muito!

O minarete não é a única construção do complexo que, na minha opinião, é mais um dos pontos imperdíveis de se visitar na capital da Índia.

IMG_2408

Incrível complexo Qutb Minar (Foto: Viagem no Detalhe)

Restaurante em sistema de buffet, localizado dentro do hotel The Leela Palace. Confesso que não sou muito fã de buffet, mas esse restaurante surpreendeu MUITO!

Além do ambiente lindo e muito agradável, a comida era super gourmet e sofisticada e o restaurante foi uma ótima opção de almoço para provar várias comidas indianas típicas, de uma só vez.

Filial do tradicional restaurante nova iorquino, não tem como errar indo nesse local! Fica também dentro do The Leela Palace e pode ser reservado por não hóspedes.

IMG_9741

Deliciosa massa que provei no Le Cirque (Foto: Viagem no Detalhe)

Esse restaurante é absolutamente imperdível!! Localizado dentro do hotel The Imperial (que aliás é cheio de boas opções gastronômicas) e focado na culinária do sudeste asiático, o The Spice Route chama atenção não só pela excelente comida oferecida, mas também pela sua decoração incrível.

Todas as paredes do restaurante foram pintadas com corantes naturais, à mão (!), por pintores trazidos de um templo em Guruvayur. Além disso, a decoração foi toda baseada no Feng Shui e cada área do restaurante tem um estilo próprio.

Para aproveitar ao máximo a experiência, pedi o menu degustação e não me arrependi nem um pouco! A comida estava deliciosa e, com toda a sinceridade, posso dizer que esse foi um dos restaurantes que eu mais amei conhecer, na vida.

IMG_2195

Algumas delícias que experimentei no The Spice Route (Foto: Viagem no Detalhe)

Comidas de rua

Apesar de todo o cuidado com higiene e água que é preciso ter em uma viagem à Índia -como comentei nesse post -, é claro que dá pra comer em alguns lugares de rua, desde que você siga aquelas regrinhas básicas que falei lá.

Uma das coisas que mais AMEI provar na Índia foi um docinho chamado Balu Shahi. Juro, gente, voltei VICIADA e deprimida por não ter isso aqui no Brasil…rs

IMG_2432

Melhor doce indiano da vida! (Foto: Viagem no Detalhe)

É muito fácil encontrar esse doce em qualquer padaria ou lanchonete de rua e vale MUITO a pena experimentar!

Bom, chegamos ao fim do post sobre Delhi e espero que vocês tenham gostado! Esse foi o primeiro post da série sobre as cidades que visitei na minha viagem para a Índia. No próximo, falo sobre Agra, a cidade do incrível Tah Mahal – não deixem de conferir! 😉

Obrigada pela visita!

Beijos, Camilla

Acompanhe minhas viagens em tempo real pelo Instagram >>@viagemnodetalhe

 

Quando você reserva um hotel pelos links aqui do blog, eu ganho uma pequena comissão, que me ajuda a manter esse site sempre atualizado, mas que não afeta em nada o valor da sua reserva. Se você está curtindo as dicas, contribua 😉

 

Compartilhe!
Deixe seu Comentário
 
4 Comentários
  1. […] Dia 1 – Delhi […]

  2. Nathalia
    06.03.2019

    Perfeito!!! Sensacional seu blog!!! Parabéns!!! E obrigada por compartilhar tantas experiências ! 🙂

    • viagemnodetalhe
      07.03.2019

      Muito obrigada, Nathalia!! Fico muito feliz em receber esse feedback 🙂

  3. […] Dia 1 – Delhi […]

Lugares que já visitei
Instagram: @viagemnodetalhe