Rota Romântica pelo Rio da Prata, conhecendo Montevideo, Colonia del Sacramento e Carmelo
Carmelo Colonia del Sacramento Montevideo Uruguai

Rota Romântica pelo Rio da Prata, conhecendo Montevideo, Colonia del Sacramento e Carmelo

Por Camilla Ribeiro    Postado em 04.03.2017

Se eu fosse descrever o Uruguai em uma palavra seria charmoso. O país é pequeno, mas encantador, cheio de lugarzinhos deliciosos que merecem ser visitados e que definitivamente vão ganhar o seu coração, como ganharam o meu!

Aproveitei o feriadão do Carnaval para finalmente colocar em prática um roteiro bem relax e romântico que há tempos queria fazer por lá e que carinhosamente batizei de “Rota Romântica pelo Rio da Prata”.

Nos 5 dias que passamos lá, conhecemos 3 cidades: Colonia del Sacramento, Carmelo e Montevideo. Colonia é uma cidade histórica, com uma arquitetura encantadora; Carmelo tem uma vibe campestre e é repleta de vinícolas (lá você vai provar os melhores tannats uruguaios!) e Montevideo, a capital, uma simpática metrópole.

DSC06177

A charmosa arquitetura de Colonia del Sacramento (Foto: Viagem no Detalhe)

Foram 5 dias de muito encantamento, vinhos, romance e sossego. Encontrei uma tranquilidade apaixonante no Uruguai, daquelas que fazem o tempo passar mais devagar e que nos permite relaxar e entrar em sintonia com a natureza.

DSC06477

Narbona: o hotel vinícola em que nos hospedamos em Carmelo (Foto: Viagem no Detalhe)

A cada nova paisagem, nos impressionávamos mais com a beleza dos locais por onde passávamos e com a simplicidade rústica e chic da maior parte deles. Confesso que me surpreendi muito e que não imaginava que a cada dia veria um pôr do sol mais lindo que o outro, a cada nova cidade.

DSC06183

Pôr do sol no Rio da Prata, em Colonia del Sacramento (Foto: Viagem no Detalhe)

Vou falar sobre cada uma das cidades que visitamos, separadamente, nos próximos posts. Nesse post, quero dar um panorama geral do roteiro e algumas dicas do país para vocês

DSC06728

Cair da noite na Orla de Pocitos, em Montevideo (Foto: Viagem no Detalhe)

// Como chegar?

voos diretos para Montevideo, partindo da maioria das capitais brasileiras. Nós fomos de Gol e, saindo do Rio de Janeiro, em 3 horinhas já estávamos na capital uruguaia. Para se locomover lá dentro, o jeito mais prático certamente é através do aluguel de um carro.

Como a nossa viagem envolvia muitas idas a vinícolas, preferimos não alugar carro – sabe como é, álcool e direção não costuma ser uma boa combinação, né? -, então, fizemos tudo de ônibus ou táxi e foi muito tranquilo. Aliás, fiquei MUITO impressionada com a eficiência e o conforto dos ônibus no Uruguai. Vou contar mais sobre isso e sobre como foi o deslocamento entre cidades nos posts dedicados a cada uma delas.

Apesar de não ser obrigatório ter seguro viagem para viajar para o Uruguai, não deixe de fechar um seguro viagem, antes de embarcar para essa jornada etílica! Eu sempre consulto o site do Seguros Promo para pesquisar e fechar o meu – recomendo!

// Quando ir ao Uruguai?

Se o seu objetivo é fazer um roteiro como o meu, pode ir a qualquer época do ano, cada uma vai ter seu charme! Já se o objetivo é curtir uma praia – Punta del Leste, por exemplo –, eu sugiro que você foque no período de alto verão, da segunda metade de novembro a fevereiro.

// Qual moeda levar?

O ideal é levar dólares e ter também um pouquinho de pesos uruguaios (você pode trocar no aeroporto, assim que chegar). A cotação para câmbio é muito melhor lá do que aqui no Brasil e a maioria dos lugares que fui aceitava tranquilamente dólares (inclusive shoppings em Montevideo).

DICA VIAGEM NO DETALHE®: Na minha viagem, ainda vigorava o desconto do IVA (taxa local que varia de 10 a 18.5%, a depender do serviço) para estrangeiros não residentes, no pagamento com cartão de crédito, em alguns estabelecimentos. Verifique, na sua ida, se ainda há desconto do IVA para estrangeiros (o governo vive dizendo que vai tirar, então não é uma coisa muito estável). Em caso positivo, pague com cartão de crédito tudo o que oferecer o desconto. Mesmo com o IOF incidente nas transações feitas com o cartão, ainda compensa demais pagar dessa forma o que tiver esse desconto.

// Quantos dias ficar?

Depende muito do que você quer conhecer e do seu estilo de viagem. Eu fiquei 1 dia inteiro em Colonia (acho essencial dormir lá!), 3 dias em Carmelo e 1 dia em Montevideo. Foi um tempo bem razoável, mas poderia ter ficado mais em todos os lugares (menos Colonia, que em um dia dá pra conhecer e explorar bem).

DSC06167

O casario histórico de Colonia del Sacramento (Foto: Viagem no Detalhe)

O Uruguai é um país encantador, com um povo super simpático e hospitaleiro, vinhos deliciosos e paisagens lindas. Fico me perguntando por que demorei tanto para conhecer esse lugar e já estou planejando a minha volta, com um roteiro pelo norte do país.

DSC06181

Até breve, Uruguai! (Foto: Viagem no Detalhe)

No próximo post, começo a contar sobre Colonia del Sacramento e seus (muitos!) encantos.

E vocês, conhecem ou querem conhecer o Uruguai?

Beijos, Camilla

Acompanhe minhas viagens em tempo real pelo instagram >> @viagemnodetalhe

Compartilhe!
Deixe seu Comentário
 
8 Comentários
  1. […] parada na nossa Rota Romântica pelo Rio da Prata (contei sobre a estrutura do nosso roteiro aqui). A cidade, que esbanja charme em cada cantinho, é histórica e muito bem preservada – tanto que […]

  2. […] Desde que “descobri” o lugar, fiquei super ansiosa para conhecê-lo e, finalmente, consegui montar um roteiro pelo Uruguai, passando pela cidade, nesse Carnaval (veja mais sobre a minha “Rota Romântica pelo Rio da Prata” aqui) […]

  3. […] Rota Romântica pelo Rio da Prata teve maior enfoque nas cidades de Colonia del Sacramento e Carmelo, mas conseguimos curtir um […]

  4. […] Ah, Narbona…Só de lembrar desse lugar já fico suspirando!! A Narbona é um hotel, vinícola e granja localizada em Carmelo, uma das cidades mais charmosas da região vinícola do Uruguai! […]

  5. Carol
    21.03.2019

    Estou lendo e relendo pra anotar todas as dicas! Você é maravilhosa!

    • viagemnodetalhe
      22.03.2019

      Ahhh, sua linda! Muito obrigada!!! 🙂

  6. Dora
    28.06.2019

    Por favor me conte como foi o seu traslado de Montevideo para Carmelo. Foi de ônibus comum? E a ida à colônia foi antes ou depois? Tbem não pretendo alugar carro e quero saber como me proceder e se tem que agendar nas vinícolas. Obrigada

    • Camilla
      08.07.2019

      Oi, Dora! Tudo bom? Fiz Montevideo até Colonia e, de Colonia, fui para Carmelo – tudo de ônibus e super tranquilo! Nos posts aqui do blog sobre Colonia e Carmelo, você encontra todos os detalhes e dicas. Qualquer coisa, é só falar! 😉
      Beijos,
      Camilla

Lugares que já visitei
Instagram: @viagemnodetalhe